Região

Idosa que teve 90% do corpo queimado após explosão de botijão de gás morre no Hospital Regional de Presidente Prudente

Mulher, de 65 anos, estava internada em estado grave desde o dia 1º de janeiro. Acidente aconteceu na casa que ela morava, em Caiabu (SP)

A idosa, de 65 anos, que teve 90% do corpo queimado durante a explosão de um botijão de gás, em Caiabu (SP), morreu nesta terça-feira (9) no Hospital Regional (HR) de Presidente Prudente.

Em nota a TV Fronteira, o HR informou que a paciência em questão deu entrada no pronto-socorro da unidade no dia 1º de janeiro, onde foi prontamente atendida pela equipe médica e multiprofissional.

“Porém, devido à gravidade do seu quadro clínico, evoluiu à óbito na manhã desta terça-feira (09/01), às 09h32”, concluiu o informativo.

Queimaduras graves
Conforme o Corpo de Bombeiros, a vítima teve 90% do corpo atingido por queimaduras de segundo e terceiro grau.

De acordo com o delegado da Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic), Claudinei Alves, foi encontrado um botijão de gás “com grande vazamento” dentro do imóvel em que a vítima estava.

Por conta da explosão, o teto da residência cedeu, algumas paredes desabaram e um incêndio atingiu parte do imóvel, segundo o Corpo de Bombeiros.

A Defesa Civil também atendeu à ocorrência e interditou a casa onde ocorreu o acidente, conforme os bombeiros. Além disso, foi identificado que a explosão ainda provocou danos em duas casas vizinhas.

Um Boletim de Ocorrência foi registrado e um inquérito policial irá apurar as causas e circunstâncias do acidente.

Por TV Fronteira

Foto – Botijão de gás explode e provoca destruição em residência, em Caiabu (SP) – Foto – Defesa Civil.