Deputado Carlão Pignatari é eleito presidente da Alesp; PSDB comanda Legislativo de SP há 14 anos

Com apoio do PT, parlamentar obteve 65 dos 48 votos necessários. Major Mecca foi o segundo mais votado, com 16 votos. Houve 4 abstenções


O deputado Carlão Pignatari (PSDB) foi eleito presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo na tarde desta segunda-feira (15) para a nova legislatura.


O tucano obteve 65 dos 48 necessários para se eleger e mantém o PSDB no comando da Casa por mais dois anos. O partido ocupa a presidência da Alesp desde 2007.


A votação foi nominal, oral e aberta, e começou por volta das 15h. Além de Pignatari, Carlos Giannazi (PSOL), Sergio Victor (Novo) e Major Mecca (PSL) também se candidataram à presidência da Alesp.


Giannazi recebeu 4 votos, Sérgio Victor 5 e Major Mecca, 16. Houve 4 abstenções.


A sessão foi comandada pelo atual presidente da Alesp, Cauê Macris (PSDB), que agora deixará o cargo. Macris se elegeu com 70 dos 94 votos.

Votação para novo presidente da Alesp nesta segunda — Foto: Reprodução.


Por G1 SP


Foto tirada em março de 2020 mostra deputado Carlão Pignatari (PSDB) em discurso na Alesp — Foto: José Antonio Teixeira/Alesp/Divulgação.