Judiciário faz a entrega de 1.260 peças de roupas de cama para 3 entidades de Adamantina

Nesta tarde de sexta-feira (19), o Poder Judiciário da Comarca de Adamantina fez a entrega de 1.260 peças de roupas de cama para o Lar dos Velhos, a Clínica PAI Nosso Lar e a Santa Casa de Misericórdia. A iniciativa é resultado de exemplar parceria firmada com a Penitenciária Feminina de Tupi Paulista e a Penitenciária de Osvaldo Cruz, bem como as empresas de confecções Portage e Trinys.


No ato de entrega realizado hoje, no Salão do Júri do Fórum de Adamantina, participaram os juízes Dr. Carlos Gustavo Urquiza Scarazzato e Dra. Ruth Duarte Menegatti que representaram o Dr. Fábio Alexandre Marinelli Sola, também esteve a diretora Adriana Alkmin Pereira Domingues e servidores da da Penitenciária de Tupi, e os membros das administrações das 3 entidades beneficiadas.


De acordo com a divisão feira, o Lar dos Velhos recebeu 94 lençóis padrão, 4 lençóis casal e 102 fronhas; o PAI 288 lençóis com elástico e 288 fronhas, a Santa Casa 102 sobre lençol, 102 lençóis padrão, 20 lençóis maca com elástico, 28 lençóis berço, 130 fronhas (padrão + berço) e 102 traçados padrão.


Os juízes adamantinenses explicaram que muitas instituições beneficentes (especialmente unidades hospitalares, de abrigamento de pessoas carentes e asilos), despendem valores significativos para a compra de ‘roupas de cama’ para atendimento de seus assistidos ainda, e ao lado dessa questão econômica, foi imaginada também a possibilidade de dar a enfermos e idosos, um conforto adequado a minorar o sofrimento pelo que passam.


Diante disso surgiu a ideia de unir recursos e foça de trabalho voluntária para a confecção de ‘rouparia de cama’ hospitalar e assistencial de altíssima qualidade, em algodão especial 180 fios, que trouxesse carinho às pessoas necessitadas.


“Então foram unidos recursos obtidos com a aplicação de penas de prestação pecuniária e ‘transações penais’ para conseguir custear materiais que seriam necessários a confecção de ‘rouparia hospitalar e assistencial’ para, junto com as instituições de Adamantina, 16 entidades beneficentes da região, totalizando nada menos que 4.791 peças produzidas e entregues”, informaram.


Contribuíram nessa ‘força-tarefa os Juízes das cidades seguintes cidades: (Dr. Sola, Dra. Ruth e Dr. Carlos), Lucélia (Dr. André Livonezi), Osvaldo Cruz (Dr. Paolo Pelegrini Junior) e Tupã (Dr. Fábio José Vasconcelos) com o apoio dos Juízes do Deecrim (responsáveis pelo acompanhamento do cumprimento de penas dos condenados da região) e Ministério Público (Dra. Viviane Zaniboni Ferreira Barrueco.


Agregado ao voluntariado dos diretores das Penitenciárias de Tupi Paulista (Adriana Domingues e de Osvaldo Cruz, Jesus Ross) e a integração das empresas, Portage de Adamantina e Trinys, de Osvaldo Cruz.


Adamantina NET