Palmeiras reage após ‘erro fatal’ e empata com América-MG na Copa do Brasil

O Palmeiras empatou com o América-MG por 1 a 1, hoje (23), no Allianz Parque, pelo jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil. O time paulista reagiu na partida após ver a equipe de Lisca Doido abrir o placar aos 19 minutos de jogo, com Ademir, depois de uma falha grotesca do zagueiro Emerson Santos.


O Verdão empatou no “último lance” do primeiro tempo após Marcos Rocha cobrar lateral na cabeça de Gustavo Gómez, que subiu no meio de dois defensores do América-MG para empatar o jogo.


América-MG e Palmeiras realizam o jogo de volta da semifinal da Copa do Brasil, na próxima quarta-feira (30), em Belo Horizonte. Antes, o alviverde paulista recebe o Red Bull Bragantino, domingo (27), pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. Já o América-MG encara o CRB, sábado (26), no Independência, pela 31ª rodada da Série B.

Gabriel Menino, o maestro
O jovem volante do Palmeiras jogou mais uma vez como um veterano. Apesar da forte marcação do América-MG em seu setor desde o início, ele conseguiu armar a maioria das jogadas do Palmeiras, com exceção dos minutos iniciais, quando o Coelho dominou o jogo com marcação forte e velocidade.


Emerson Santos dá “presente de Natal”
O zagueiro Emerson Santos deu um “presente de Natal” para o América ao tentar inverter o jogo dentro da área do Palmeiras e tocar para Ademir, livre, abrir o placar na saída de Weverton.


O atacante Ademir, camisa 10 do América-MG, mostra a cada jogo decisivo que é bom jogador. O atleta, que já havia sido o melhor do time mineiro na eliminação do Corinthians nas oitavas de final, por exemplo, foi o melhor em campo pelo Coelho. O jogador erra poucos passes, sabe armar o jogo e “cai” sempre em velocidade nas costas da zaga adversária.


O Palmeiras começou o jogo com deficiência na saída de bola. Os zagueiros erravam muitos passes, enquanto os volantes, Gabriel Menino e Zé Raphael, enfrentavam dificuldades para iniciar a armação das jogadas por conta da forte marcação encaixada do time de Lisca. No entanto, o zagueiro Emerson Santos nem precisou de pressão para proporcionar o lance mais grotesco do jogo.


Ele tentou inverter o jogo com uma bola cruzada dentro da área do Palmeiras, e entregou a bola para Ademir. O atacante do América-MG, livre, tocou rasteiro no canto direito de Weverton para abrir o placar aos 19 minutos.


Após o gol, o América recuou as linhas e deu mais oportunidades ao Palmeiras no campo de ataque. Após algumas “subidas” pelo lado direito, o Verdão empatou no último lance do primeiro tempo, aos 48 minutos, quando Marcos Rocha cobrou lateral na cabeça de Gustavo Gomez, que acertou o canto esquerdo do goleiro Matheus Cavichioli.


No segundo tempo, o Palmeiras dominou o América desde o início e pressionou em busca do segundo gol. O time mineiro recuou e jogou grande parte da etapa final com as duas linhas quase dentro de sua área.


Se não bastasse, os mineiros não encaixaram a transição, e Ademir, o seu jogador mais perigoso, ficou isolado no ataque. Aos 34 minutos, o zagueiro Messias quase devolve o “presente” de Emerson Santos ao “furar bola” em um chute e deixar Luiz Adriano, livre, para marcar. Mas o goleiro dos mineiros salvou.


Lance polêmico
Aos 37 minutos do primeiro tempo, Gabriel Veron finaliza quase da entrada da pequena área para defesa de Matheus Cavichioli, que defende e cai com a bola em cima da linha do gol. A bola quase entrou, e o VAR, acionado, confirmou a decisão da arbitragem no campo, não confirmando o gol.

Lucas Lima entrou no segundo tempo no lugar de Raphael Veiga para alcançar a marca de 150 jogos com a camisa do Palmeiras. O meia, que se destacou pelo Santos, inclusive, com bons jogos e provocações ao time alviverde, foi contratado o fim de 2017, mas nunca brilhou pelo Verdão.
FICHA TÉCNICA:

PALMEIRAS 1 x 1 AMÉRICA-MG

Data e horário: 23/12/2020, às 21h30 (de Brasília)
Local: Allianz Parque, em São Paulo-SP
Árbitro: Leandro Vuaden
Assistentes: Jorge Bernardi e José Calza
VAR: Daniel Bins.

Gols: Ademir aos 19 minutos do primeiro tempo (América); Gustavo Gomez aos 48 minutos do primeiro tempo (Palmeiras)
Cartões amarelos: Lucas Lima e Danilo (PAL); Daniel Borges e Lucas Luan (AMG).

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Emerson Santos, Gustavo Gomez e Gustavo Scarpa (Matias Viña); Gabriel Menino, Zé Rafael (Luiz Adriano) e Raphael Veiga (Lucas Lima); Gabriel Veron (Gabriel Silva), Rony e Willian (Danilo)
Técnico: Abel Ferreira.

AMÉRICA-MG: Matheus Cavichioli; Daniel Borges, Messias, Anderson Jesus e Sávio (Calyson); Flávio (Sabino), Juninho e Geovane (Marcelo Toscano); Ademir (Lucas Luan), Rodolfo e Felipe Azevedo (Felipe Augusto)
Técnico: Lisca Doido

COMUNICAR ERRO – Do UOL, em São Paulo (SP)

Imagem – Marcello Zambrana/AGIF