Vice-Prefeito de Salmourão explica descarte de remédios

Manifestação veio após acusação de vereador


O enfermeiro do Centro de Saúde de Salmourão e Vice-Prefeito da cidade, Marcos Antônio Paio, se manifestou sobre o caso do descarte irregular de medicamentos no Aterro Sanitário do município, o último sábado (27).


As Polícias Civil e Militar chegaram ao local por volta de 7h15 e constataram descarte irregular que foi denunciado pelo vereador Fernando Rossato. Ele acusou o enfermeiro e vice-prefeito da cidade, Marcos Paio, de estar por trás do descarte irregular.


“Recebemos a denúncia por meio de munícipes de que o vice-prefeito teria separado no centro de saúde medicações vencidas e na parte da tarde haviam partido duas Saveiros repletas de medicamentos onde seriam descartadas no aterro sanitário. Fiquei sabendo do fato pela manhã, chamei a polícia militar que tomou as medidas cabíveis.”


Hoje, 30, pela manhã, o enfermeiro e vice-prefeito, Marcos Paio, deu explicações da parte da Prefeitura.


“Houve uma falha no descarte dos medicamentos e explicar para a população que o medicamento que foi descartado é um anticoncepcional destinado a mulheres após 40 dias do parto”. Um medicamento que tem pouquíssima saída que vem por recurso federal e em grande quantidade.


O vereador que fez a denúncia também é um profissional da saúde, sabe que os medicamentos vencem em curto prazo. Estou aqui para esclarecer as pessoas que o medicamento que foi descartado é um medicamento que não traz prejuízo algum à população.”


O caso segue sob investigação e a prefeitura, também já no sábado, disse que irá abrir uma sindicância para apurar internamente o caso.

Ocnet